Quais são os Cuidados da Enfermagem?







O enfermeiro é o profissional de saúde que costuma ficar mais próximo ao paciente, seja antes ou após a realização de exames, laudos ou procedimento.

A importância de saber fazer esses cuidados da forma correta tem a ver, claro, com o bem-estar do paciente, com evitar que ele caia da cama, ou que haja infecção por uma bactéria por conta da falta de limpeza. Porém, é também relevante ao próprio enfermeiro, já que ele precisa agir com cuidado para que não seja infectado, não machuque e não cause acidentes.

Os cuidados de enfermagem envolvem desde dar banho em enfermos, trocar o lençol de acamados, administrar medicamentos até orientar sobre o funcionamento de determinados exames e como proceder após a sua realização.

Os cuidados de enfermagem são todas as atenções que enfermeiros e auxiliares de enfermagem dedicam aos pacientes.

Como cada indivíduo precisa de um nível de assistência, podemos afirmar que, geralmente, as ações são voltadas para o monitoramento da saúde e a assistência aos pacientes.

Logo, no dia a dia, existe uma série de cuidados de enfermagem que são realizados em âmbito hospitalar, com destaque para:

Monitorar sinais vitais é o básico em cuidados de enfermagem

A verificação constante dos sinais vitais é um protocolo padrão de avaliação e, portanto, é realizado em todos os casos.

As principais ações realizadas são a medição de:

Temperatura corporal;
Frequência cardíaca;
Pressão arterial;
Presença de dor;
Frequência respiratória;
Saturação de oxigênio sanguíneo.

Aplicar medicamentos é feito nos cuidados de enfermagem

Alguns pacientes precisam tomar medicamentos em horários específicos e nem sempre têm condições de realizar isso de forma autônoma.

Cabe ao enfermeiro realizar essa tarefa, independentemente se o medicamento é em cápsula ou intravenosa.

Promover a segurança do paciente

Como mencionei, os cuidados de enfermagem também envolvem a manutenção da segurança do paciente.

Isso significa que ele deve cuidar da higiene e, ao mesmo tempo, certificar-se que o ambiente está seguro para que a pessoa possa transitar ou mesmo dormir sem o risco de quedas, por exemplo.

Prevenir complicações de doenças

O enfermeiro também realiza atividades de promoção de saúde, visando prevenir complicações provenientes de doenças.

Aqui está incluso desde dicas para o período de recuperação até o momento certo de realizar um novo check-up.

Realizar procedimentos básicos são cuidados de enfermagem

Alguns procedimentos podem ser realizados pelo enfermeiro, como a colocação de sondas, drenagens e cateterização das vias periféricas.

Essa atividade requer um conhecimento amplo por parte do profissional, para evitar problemas que prejudiquem a saúde do paciente.

Auxiliar médicos em procedimentos complexos

O enfermeiro se faz presente durante a realização de diversos procedimentos, como:

Endoscopia;
Biópsia;
Imobilização;
Remoção de lesões cutâneas.

Sua função é prestar a ajuda necessária para que o médico consiga realizar o procedimento com segurança e eficácia.

Prevenção de lesões por pressão

Esse tipo de lesão ocorre basicamente quando o paciente precisa ficar muito tempo na mesma posição.

O enfermeiro atua de forma a aliviar essa pressão em pontos de apoio e prevenir a ocorrência das lesões.

Para isso, ele deve incentivar a mobilidade da pessoa, fazendo com que mude de posição a cada 2 ou 3 horas, mantendo sempre o alinhamento corporal para evitar sobrecarga de peso.

Cuidados com a pele

Como a pele precisa estar sempre limpa e seca para evitar a ocorrência de fungos e infecções, os cuidados de enfermagem incluem o uso de produtos de higienização e de banho.



Por conta de toda essa relevância, abaixo você vai aprender 6 formas diferentes de cuidados que um profissional de Enfermagem deve ter com o paciente!

1. Higienização das mãos

A primeira atitude de segurança que um enfermeiro deve ter é com a higienização das mãos. Por mais que ele atue 100% do tempo de luva, ainda assim é perigoso trabalhar sem a devida limpeza nesses membros.

Por isso, a higienização deve ser feita a todo momento. Sempre antes de ir cuidar de um paciente e após já ter feito os cuidados nele, é preciso lavar bem as mãos.

Essa higienização é feita a partir de uma técnica que limpa cada detalhe dos dedos, das unhas, das mãos como um todo com sabão e água corrente. Depois é feita a secagem com folhas limpas e, por fim, o álcool em gel, extremamente necessário.

2. Uso correto de dispositivos, sondas e medicamentos

Um erro pouco comum, mas que pode acontecer, é o enfermeiro colocar a sonda de forma equivocada, administrar incorretamente o soro, medicamentos, cateteres e demais equipamentos.

Para evitar esse problema de segurança que é bem grave e atua diretamente no bem-estar do paciente, é preciso tomar alguns cuidados.

O primeiro deles tem a ver com os equipamentos em si. Eles precisam ser de alta qualidade, com conexões exatas, que não permitem erros. Além disso, o enfermeiro precisa analisar e avaliar cada um desses elementos antes de fazer uso deles.

Outra dica importante é orientar aos familiares e amigos presentes a não manusear, de forma alguma, qualquer um desses equipamentos ou medicamentos. Se precisar de algo, é só chamar você ou outro profissional.

3. Prevenção de quedas de pacientes

Faz parte da profissão de enfermeiro ter cuidado e tratar o paciente de forma completamente humanizada. Isso tem muito a ver com a forma como o profissional movimenta uma pessoa que esteja em uma maca ou cama.

É preciso ter muita técnica e cuidado. Há casos de pacientes que caem desses lugares por pura falta de atenção do enfermeiro e isso não pode acontecer jamais. Dependendo do problema de saúde, uma queda pode ser fatal.

Por isso, é essencial que o profissional de enfermagem saiba todas as técnicas de movimentar uma cama, de mudar o paciente de posição, de trocar os lençóis sem tirar a pessoa da cama ou maca. Só assim, ele vai evitar essas quedas e trazer toda a segurança necessária ao enfermo.

4. Cuidado com as lesões de pressão

Pacientes que ficam muito tempo na mesma posição em uma cadeira, cama ou maca tendem a criar úlceras na pele por conta da pressão e do atrito que o corpo faz sobre esses objetos. É dever do enfermeiro não deixar que isso aconteça.

Por isso, de tempos em tempos, o profissional tem que visitar cada um dos pacientes sob sua responsabilidade, movimentá-lo da cama, passar cremes hidratantes, mudar de posição por um tempo, pois só assim ele vai evitar o surgimento dessas úlceras de decúbito.

5. Cirurgia efetiva

O enfermeiro está presente na sala de cirurgia junto aos médicos e, muitas vezes, é ele o único responsável pela colocação, higienização e disponibilidade dos equipamentos que vão ser usados no procedimento.

Por isso, o profissional de Enfermagem tem que estar muito atento a todos os aparelhos e suprimentos que serão utilizados. Uma boa dica é fazer um checklist de tudo o que precisa para determinada cirurgia. Depois, é só separar cada um desses elementos, realizar a higienização e a assepsia e levar para o local do procedimento cirúrgico.

6. Comunicação efetiva e transparente

A relação mais direta dentro de um hospital ou clínica é entre o enfermeiro e a família do paciente ou o próprio enfermo. Isso faz com que esse profissional tenha o dever de usar uma comunicação efetiva, direta, verdadeira, objetiva para com essas pessoas.

É preciso ser claro para informar tudo que é preciso fazer, dos problemas que o paciente pode enfrentar, dos cuidados que os familiares devem ter com ele, da real situação da saúde da pessoa e todos os outros dados que forem relevantes dizer para os envolvidos.

Esses são alguns dos cuidados de enfermagem que todo profissional deve ter. Para melhorar a sua técnica, a sua experiência enquanto trabalhador dessa importante área, uma ótima opção é fazer cursos especializantes, treinamentos, pós-graduação.

Tudo isso vai fazer de você um verdadeiro especialista em segurança do paciente, uma referência entre os colegas e para todo o hospital ou clínica em que exerce a função.

Para terminar, preciso falar sobre o E-book Cuidados de Enfermagem. Esse material foi criado para auxiliar em seus estudos e durante os procedimentos do dia a dia, otimizar seu tempo e oferecer maior segurança.
Esse assunto é de extrema importância no dia a dia de todos que prestam assistência, pois está diretamente relacionado com a qualidade e segurança do atendimento e da eficácia dos procedimentos realizados. Saiba mais clicando aqui!




Eu sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo. Se você quiser ter conteúdo sobre esse tema para estudo, entre em contato pelo Whatsapp ou email do site . Conheça também nossa página de materiais educativos gratuitos .

Dicas para profissionais
  • Drives GRATUITOS de Enfermagem
  • Curso Atendimento Pré Hospitalar de Excelência
  • Minicurso de Enfermagem na Oncologia
  • 500 ebooks sobre Enfermagem

  • Comente:

    Nenhum comentário