Qual o papel do enfermeiro em uma cirurgia?







Antes de qualquer coisa é importante falarmos que o papel do enfermeiro não se limita apenas ao horário da cirurgia. Ele precisa atuar no pré, intra e pós-operatório. As tarefas também são discriminadas de acordo com a posição do enfermeiro: coordenador ou assistente.

Há 2 tipos de centros cirurgicos. O Centro Cirúrgico Ambulatorial (CCA) é semelhante ao Centro Cirúrgico tradicional. A diferença consiste no fato de a alta ocorrer no mesmo dia do procedimento, o que implica uma série de vantagens como o pouco tempo de privação do convívio familiar, redução da ansiedade, menor risco de se contrair infecção hospitalar, diminuição do tempo de recuperação, além da economia para o hospital, instituições de seguro e governamentais.

As cirurgias passíveis de serem realizadas no CCA são de pequena complexidade, mediante técnicas anestésicas local, loco-regional, de bloqueio (raqui, peridural) ou, ainda, a geral (inalatória e/ou endovenosa).

As obrigações do enfermeiro coordenador são mais voltadas para a parte administrativa do setor de enfermagem, resumindo são:

  1. Manter a equipe alinhada com as normas, rotinas e procedimentos da empresa;
  2. Garantir que os equipamentos e instrumentais sejam usados corretamente;
  3. Se certificar de que todo procedimento que ocorra no centro cirúrgico aconteça dentro dos princípios éticos;
  4. Preparar as escalas mensais dos assistentes e técnicos;
  5. Controlar medicamentos, anestésicos e descartáveis para que nada falte nos procedimentos;
  6. Prover o conforto do paciente e da equipe.

A equipe de assistentes de enfermagem focam os esforços nas atividades operacionais, dentre elas estão:

  1. Conferir se os materiais necessários para os procedimentos estão disponíveis nos locais;
  2. Atuar no pré, intra e pós-operatório;
  3. Recepcionar o paciente no centro cirúrgico, conferir os exames necessários para o procedimento, fichas, prontuários e receitas.
  4. Auxiliar e realizar curativos;

Na pré-cirurgia, o enfermeiro precisará se certificar de que o centro cirúrgico está preparado, devidamente esterilizado e com todo o instrumental disponível. Verificar se a anestesia está ok, e se necessário, acalmar o paciente.

Durante a cirurgia, deverá auxiliar a equipe médica e poderá atuar em dois locais: na instrumentação (apoiará o médico cirurgião com os instrumentais) e também poderá ser circulante (ajudando na esterilização e vestimentas utilizadas pela equipe da cirurgia, armazenando biópsias em local correto para envio no setor de análises e pegando as orientações médicas).

No pós-operatório, acompanhará o paciente em sua recuperação até a alta médica. Também cuidará para que ele receba a medicação nos horário recomendados, bem como realizará a troca de curativos e auxiliará na higiene do mesmo.



Dicas para profissionais
  • Drives Virtuais de Enfermagem
  • Apostila de Provas de Concurso para Enfermagem (Enfermeiro)
  • Curso Atendimento Pré Hospitalar de Excelência

  • Comente:

    Nenhum comentário