Cuidados preventivos na Ginecologia






Cuidados preventivos de saúde incluem realizar exames ginecológicos regulares, mesmo quando não houver sintomas presentes, e exames preventivos. Os exames preventivos são feitos antes que a pessoa apresente sintomas, para verificar se há doenças que podem ser prevenidas ou tratadas de forma eficaz se reconhecidas com antecedência. Às vezes, as recomendações para os exames preventivos mudam à medida que surgem novas evidências.

Muitas mulheres esperam que o ginecologista preste tanto os cuidados de saúde ginecológica como os de saúde geral. Os cuidados de saúde geral possivelmente incluem aconselhamento sobre a saúde em geral e exames preventivos de rotina quanto à presença de:

Hipertensão arterial

Níveis elevados de colesterol e de outros lipídios (dislipidemia)

Diabetes

Depressão

Tabagismo

Uso de álcool

Uso de drogas

A mulher deve realizar uma avaliação ginecológica todo ano começando entre os 13 aos 18 anos de idade. O exame pélvico geralmente não é feito antes dos 21 anos de idade, a menos que haja um problema, como menstruação irregular, dor pélvica ou secreção vaginal.

Em adolescentes sexualmente ativas, o médico faz exames para doenças sexualmente transmissíveis, às vezes, sem fazer um exame pélvico. Exames pélvicos são recomendados para todas as mulheres a partir dos 21 anos. No entanto, a mulher pode conversar com o profissional de saúde para saber se é necessário iniciar esses exames nessa idade e com que frequência eles precisam ser realizados. Além disso, aos 21 anos, a maioria das mulheres deve começar a fazer exames preventivos para detectar câncer do colo do útero, como o exame de Papanicolau.


Para cuidados ginecológicos, a mulher deve escolher um médico com quem possa discutir confortavelmente temas delicados, como sexo, métodos anticoncepcionais, gravidez e problemas relacionados à menopausa. O profissional de saúde pode ser um médico, uma enfermeira obstetra, um(a) enfermeiro(a) especializado(a) ou um assistente médico.

A avaliação ginecológica de jovens e adolescentes meninas às vezes pode ser feita pelo seu pediatra. No entanto, se o pediatra não conseguir um tempo para a menina falar em particular sobre interesses pessoais ou está relutante em fornecer atendimento ginecológico, outro profissional de saúde deve ser procurado para isso.

A consulta ginecológica é o momento de fazer as perguntas ao médico sobre a função e anatomia reprodutora e sexual, incluindo as práticas de sexo seguro, como o uso de preservativos para minimizar os riscos de doenças sexualmente transmissíveis.

Durante a consulta ginecológica, o médico faz perguntas (o histórico) e realiza um exame físico.

O Drive Virtual de Enfermagem e Obstetrícia tem artigos científicos em formato DOC e PDF sobre a atuação do enfermeiro na gineco-obstetrícia. Clique aqui e saiba mais!


Dicas para profissionais
  • Drives Virtuais de Enfermagem
  • Apostila de Provas de Concurso para Enfermagem (Enfermeiro)
  • Curso Atendimento Pré Hospitalar de Excelência

  • Comente:

    Nenhum comentário